Prisioneiro de mim... (Dedicado a você)

Nasce dentro de mim
Um desejo enorme de me prender
A tu'alma
Mas sei, contra minha vontade
Que o bem que o meu ventre invade
É o mal que em minha porta bate

O erro é o que mais quero
Se vestisse de branco a rubra face,
Desejaria o contrário
O erro sincero,
E espero
Enxergar através desse erro
Um único acerto
Que me faça sorrir..
de alegria,
Não de desespero.

Por: Samuel Tavares

2 comentários:

chrislenesoares disse...

Sem comentarios né...!!!!

Sarah disse...

Amei..tu é poeta véi...rsrs